PONTAS DE MEDIÇÃO

Pontas de medição

Há 20 anos no mercado oferecendo uma grande gama de pontas de medição e acessórios. Nossos produtos são confeccionados com excelente qualidade de matéria-prima e mão de obra qualificada, sendo adequadas para máquinas tridimensionais, operatrizes, instrumentos de medição e acessórios de metrologia. Fabricamos produtos em série com rosca M2, M3, M4 e M5. Hastes em Metal Duro, Cerâmica e Aço inox e esferas em Rubi ou Aço. Consulte-nos também para produtos e aplicações especiais.

TIPOS DE PONTAS

Ponta de Medição - Reta

As pontas retas são as pontas de medição que mais encontramos no mercado, atendendo em sua grande maioria vários tipos de aplicações e posicionamentos com o apalpador. Chamadas assim por possuírem um tronco Reto, e utilizadas quando se tem um contato direto com a superfície a ser medida.

Ponta de medição - Cilíndrica

Utilizada quando a superfície de contato não está garantida ou em furações cônicas. Nela, seria como utilizássemos uma esfera na ponta e seu perfil fosse expandido até o final da haste, assim podendo realizar contatos laterais.

Adaptadores

Os adaptadores assim como o nome diz, adaptam um modelo de rosca a outro. Assim caso possua, por exemplo, um apalpador M5, com a ajuda do adaptador poderá utilizar uma ponta M2.

Ponta de Medição - Estrela

Ela se baseia em uma configuração “multi-pontas”, em que as pontas laterais são fixas e a central móvel. Com ela podemos inspecionar/medir em diferentes posições em casos de medições em que uma ponta reta não se aplica. Sendo uma ponta bem flexível e não necessitando de uma troca para terminar a inspeção.

Ponta de medição - Disco

A ponta disco é uma Seção da esfera. Utilizadas para medir rebaixos e ranhuras dentro de furos inacessíveis para uma ponta estrela. A medição de uma ponta disco limita-se as coordenadas X e Y.

Cubo Estrela

Semelhante a ponta-estrela, podemos utilizar um cubo estrela e ter uma configuração personalizada. Utilizados para criar variadas configurações de medição. Sendo flexível a composição de até 5 vias de medição.

Ponta de Medição - Seca

Elas foram desenvolvidas para medições de roscas e key-points, pontos específicos de referência, medição de pico e vale de uma rosca. Não são recomendadas para a utilização em maquinas de manufatura (ex: centros de usinagem cnc, retificas cnc, etc).

Extensões

Extensões são utilizadas para alongar o comprimento de sua medição. Estão disponíveis em uma variedade de comprimentos, materiais e diâmetros. Ao escolher uma extensão, certifique-se de levar em conta o ambiente a ser medido com um fator determinante.

Articuladores

Os articuladores são utilizados que que se necessita fazer o contato em ângulo ou que a peça a ser medida possua formas angulares. Garantir a precisão é fundamental, assim ao utilizar um articulador devemos inspecionar se todo o conjunto está bem fixado em sua posição, caso contrário poderá acarretar em incertezas de medição.

Materiais

ESFERA

Rubi

O Rubi é o tipo de esfera utilizado como padrão da industria de metrologia. Este é Rubi Sintético monocristalino feito com 99% de oxido de alumínio puro, da família dos diamantes e sendo considerados um dos materiais mais duros existentes.

Todas nossas esferas possuem grau de esfericidade Grade 10. Ela é ideal para aplicações em maquinas de medição por coordenadas. As esferas com diâmetro menor Ø 1,0 mm possuem Grade 5.

Aço Inox: 

Hastes em aço inox, não magnético, oferecem rigidez ideal em relação ao seu peso com diâmetros minimo de esfera Ø 2,0 mm e comprimento de até 30 mm.

 

Alumínio: 

Material leve, utilizado em extensões, e podendo variar a dilatação térmica de acordo com a aplicação. Necessita trabalhar em ambiente climatizado controlado.

 

Cerâmica:

Possui rigidez comparada ao Aço inoxidável. Utilizadas em casos que o comprimento necessita ser maior do que 30 mm e esfera com diâmetro minimo de Ø3,0 mm. Solida e termicamente estável a cerâmica é indicada para ambientes relacionados a produção, podendo funcionar como um dispositivo contra colisões e não danificar o apalpador.

 

Fibra de Carbono:

Material Ideal para pontas longas, sua principal propriedade é ser um material leve. Termicamente estável também é aconselhável o ambiente em produção.


Metal Duro:

Esta é a haste que mais encontramos no mercado pois possui alta rigidez. Resistente a deflexão e utilizadas em ambiente de trabalho estáveis é ideal também para utilização com esferas menores que Ø1,0 mm.

 

Titânio:

Possui uma estabilidade térmica estável, possui uma excelente rigidez e é um material leve. Indicado para extensões e pontas de medições longas.

Aço Inox: 

Hastes em aço inox, não magnético, oferecem rigidez ideal em relação ao seu peso com diâmetros minimo de esfera Ø 2,0 mm e comprimento de até 30 mm.

Titânio:

Possui uma estabilidade térmica estável, possui uma excelente rigidez e é um material leve. Indicado para extensões e pontas de medições longas.